conteúdo da página
Desenvolvimento Humano

FAZER O JUSTO OU FAZER O CORRETO?

Eliane Manhães      sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

 

Às vezes para sermos justos, temos que abrir mão do que achamos ser correto, eu sei que você é uma pessoa correta, uma pessoa justa mas às vezes essas duas coisas não consegue estar presente em determinados momentos.

 

Carteira Equilibrada

Sei que vamos ter que abrir mão e optar por uma coisa ou por outra, aqui agora vamos imaginar que eu acho que é correto nós não passarmos no farol vermelho, mas de repente você vê algum acidente iminente que possa acontecer e que você acelere o seu carro passando no sinal vermelho para evitar um acidente, com certeza foi a coisa justa não foi a correta porque você infringiu uma lei uma regra e nós estamos com nossa mente às vezes sempre nessa briga entre o justo e o correto.

Porque o correto? nós estamos falando da nossa mente inconsciente, de todas as normas, de todas as leis introjetados que você fala, não o correto é assim que tem que ser, este é o certo ou o errado e tudo isso às vezes nos deixa muito sedimentados e muitos lacrados.

 

Carteira Equilibrada

 

Agora quando nós falamos de justiça, nós estamos ampliando e trazendo tanto a nossa Mente Consciente capaz de discernir e averiguar  se correto se encaixa neste momento ou se nós vamos ficar sempre em um piloto automático, isso é certo, isso é errado e acabou, se não vejo mais nada ou nós temos que ampliar um pouquinho mais a nossa visão, e este é o trabalho de nossa mente tanto consciente quanto da nossa mente superior que vai ver mais além, que vai perceber se o correto de hoje realmente é justo para um todo maior, ou se não, ficamos rígidos apenas no que é assim e não é assim, ele impossibilita  que a nossa mente se abra de uma forma altamente altruísta e muito mais positiva.

 

Carteira Equilibrada

 

Eu não estou dizendo para você andar por aí fazendo coisas que não sejam corretas, isso é simplesmente para que a gente não se apegue tanto a uma coisa em detrimento de outras então, discernir, averiguar, ampliar o que realmente seria justo e correto naquele momento e não termos uma cartilha do que é  correto e justo achando que ela vai ser adequada a todos momentos. As vezes não, então tem coisas que a gente faz num determinado momento da nossa vida e que você diz foi o melhor que tinha a fazer e foi exatamente isso e que nem sempre aquilo tenha sido o mais correto, mas você teve uma visão mais Ampla e com isso você sente um alívio no seu coração mesmo que tenha infringido algumas normas pré estabelecidas dentro de você, dentro do seu arquivo mental.

Carteira Equilibrada

O que eu quero aqui é que você abra sua mente, reflita sempre a cada situação, o que que acontece? o que é justo, o que é correto, o que é bom e o que não é neste momento em que eu estou vivendo.

Não seja como uma máquina que vai fazer as coisas no piloto automático, sem averiguar sem pensar sem refletir, porque aí você se torna muito bloqueado pelas suas próprias crenças. É correto e é justo ao mesmo tempo, não entre em uma dicotomia mental de posso ou não posso.

Logotipo

www.elianemanhaes.com

 

Comentários

Lista de Artigos

O CAMINHO - A ESCOLHA!

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

O Poder do Foco.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

FAZER O JUSTO OU FAZER O CORRETO?

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

PODER MENTAL, VOCÊ PODE CRIAR SUA REALIDADE!

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Um Passeio na Cachoeira em São Francisco Xavier.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Um Passeio a cidade de Piumhi MG.

segunda-feira, 1 de maio de 2017